Parcele em até 3x sem juros|3% de desconto no boleto

Atendimento

Horário de funcionamento:

Seg à sex das 8h às 12h | 13h às 18h

Sáb das 8h às 12h

0

Tipos de fios de sutura

Os fios de sutura são utilizados para selar vasos sanguíneos e ligar tecidos. Sua principal função é auxiliar na cicatrização de ferimentos e em incisões cirúrgicas. Essa técnica é utilizada há mais de 4 mil anos — antigamente, os materiais disponíveis incluíam fibra de linho, filamento de seda e até pelo de camelo. A evolução dos materiais aprimorou a técnica e contribuiu para um melhor resultado.

Fios de sutura: absorvíveis e não absorvíveis

Fios de sutura absorvíveis: um bom exemplo é o fio categute, fio cirúrgico de origem orgânica — geralmente proveniente do intestino de ovelhas ou bovinos — usados para amarraduras de vasos, procedimentos urológicos, ginecológicos e suturas gastrointestinais.

Assim como o ácido poliglicólico, outro tipo de fio utilizado para suturas, ele se difere por ser sintético e absorvido pelo organismo em até 90 dias. Indicado em suturas de tecido celular subcutâneo, músculos etc.

Fio de sutura não absorvível: existem dois tipos, os sintéticos e os biológicos. Um dos mais utilizados é o fio cirúrgico de nylon — uma das suas principais características é a elasticidade e a resistência à água. Atua na cicatrização de ferimentos leves, evitando que o machucado fique exposto a infecções.

Quais são os tipos de fios de sutura?

tipos de fios de sutura para diferentes situações e devem ser sempre escolhidos por profissionais capacitados. Os fios mais finos geralmente são indicados para regiões mais delicadas, já os mais grossos não costumam ser absorvidos pelo organismo e são indicados para regiões que possuem uma recuperação mais lenta.

Os tipos de fios de sutura mais utilizados por profissionais:

  • categute cromado;
  • categute simples;
  • seda;
  • algodão;
  • poliglicólico;
  • nylon;
  • poliéster;
  • poliglactina (PGA);
  • polipropileno;
  • poliglecapron.

Quando falamos em sutura, há sempre um risco de rejeição. É essencial que o fio cirúrgico possua algumas características, por exemplo:

  • Ser flexível para um fácil manuseio.
  • Ter resistência a tração (o fio precisa deslizar pelos tecidos) e torção (realização e fixação do nó).
  • Ter baixa reação tecidual (hipoalergênico) para uma melhor cicatrização.
  • Ser armazenado com segurança para manter-se estéril e não oferecer risco de contaminação.
  • O fio de sutura deve ser tão forte quanto o tecido que está sendo suturado.

É importante saber que cada fio tem uma espessura; portanto, serve para procedimentos específicos:

  • Fios finos de 6-0 a 4-0 são indicados em cirurgias plásticas, microcirurgias, cirurgia vascular e suturas de pele.
  • Fios intermediários de 3-0 a 1-0 são indicados em casos de cirurgia ginecológica e abdominal.
  • Fios grossos de 1 a 3 são indicados quando se precisa de força tênsil em regiões de grande tensão (abdominal, torácica etc.).

Onde comprar fios de sutura

Na Hospitalar Distribuidora você encontra várias opções de fios de sutura para diversos tipos de procedimentos cirúrgicos.

Adquira tudo on-line e economize tempo recebendo os produtos diretamente em sua casa. Aproveite para conferir os demais produtos que estão disponíveis em nosso site.