Parcele em até 3x sem juros|3% de desconto no boleto

Atendimento

Horário de funcionamento:

Seg à sex das 8h às 12h | 13h às 18h

Sáb das 8h às 12h

0

Fluconazol (Zoltec) 150mg C/1 Cápsula (Genérico) - Medquimica

  • Descrição


A venda desse medicamento é restrita, pois nós somos distribuidores, que ao contrário de farmácias, não fazemos retenção de receitas médicas. A comercialização via CPF é permitida para profissionais que possam responder pelo uso desse medicamento, como Médicos, Médicos Veterinários e Dentistas, tendo a obrigatoriedade de enviar a cópia frente e verso de suas respectivas carteiras profissionais no nosso e-mail de contato (vendas@hospitalardistribuidora.com.br). A venda para CNPJ deverá ser enviado no mesmo e-mail de contato, as cópias do Alvará SanitárioCertificado de Regularidade Técnica e o Contrato Social.



 



Apresentação:



Caixa com 1 cápsula.



 



Composição:



Cada cápsula contém: fluconazol 150 mg.Excipiente (celulose microcristalina, lauril sulfato de sódio, estearato de magnésio, amido, dióxido de silício coloidal) q.s.p. 1 cápsula.



 



Precauções:



Uso durante a gravidez: Fluconazol tem sido pouco usado durante a gravidez em humanos. O uso durante a gravidez deverá ser evitado, exceto em pacientes com infecções fúngicas severas ou com potencial risco de vida e nos quais os potenciais benefícios possam superar os possíveis riscos ao feto.



Uso durante a lactação: Fluconazol é encontrado no leite materno em concentrações similares às do plasma, e desta maneira seu uso em mulheres lactantes não é recomendado.



Uso em crianças: os dados disponíveis sobre o uso de Fluconazol em pacientes com idade abaixo de 16 anos são limitados e, portanto, até o momento, seu uso não é recomendado nestes pacientes a menos que o tratamento antifúngico seja imperativo e não existam agentes disponíveis alternativos adequados. Não existem dados disponíveis sobre o uso de Fluconazol em neonatos e, desta maneira, seu uso em crianças abaixo de 1 ano não é recomendado.



Gerais: a experiência tem mostrado que é improvável o comprometimento da habilidade para dirigir ou manejar máquinas com o uso do Fluconazol.



Interações medicamentosas: recomenda-se cuidadosa monitorização do tempo de protrombina em pacientes que estejam recebendo anticoagulantes cumarínicos. Fluconazol demonstrou prolongar a meia-vida plasmática de sulfoniluréias orais (clorpropamida16, glibenclamida, glipizídeos e tolbutamida) quando administrado concomitantemente às mesmas em voluntários sadios. Fluconazol e sulfoniluréias orais podem ser coadministrados a pacientes diabéticos, porém a possibilidade de episódios de hipoglicemia deve ser considerada. Em um estudo de interação farmacocinética, a coadministração de doses múltiplas de hidroclorotiazidas em voluntários sadios que estavam recebendo Fluconazol aumentou a concentração plasmática desta última droga em 40%. Esta alteração não deverá requerer mudança do regime de dosagem de Fluconazol em pacientes que estejam recebendo também diuréticos, porém o prescritor deve ter em mente essas considerações. A administração concomitante de Fluconazol e fenitoína pode aumentar os níveis desta última droga para um grau clinicamente significante. Se necessário, administrar ambas as drogas concomitantemente; os níveis de fenitoína deverão ser monitorizados e a sua dose ajustada para manter os níveis terapêuticos. É improvável que o uso de doses múltiplas de Fluconazol possa ter efeito na eficácia do contraceptivo oral combinado. Estudos de interações têm demonstrado que quando Fluconazol oral é administrado concomitantemente a alimentos, cimetidina ou antiácidos não ocorre alteração clinicamente significante na absorção deste agente. Em pacientes que estejam recebendo terapia concomitante à rifampicina, um aumento da dose de Fluconazol deve ser considerado. Recomenda-se, uma monitorização da concentração de ciclosporina em pacientes que estejam recebendo Fluconazol.



 



Reações adversas:



Fluconazol é geralmente bem tolerado. Os efeitos colaterais mais comumente associados ao Fluconazol têm sido aqueles relacionados ao trato gastrintestinal. Estão incluídas náusea, dor abdominal, diarréia e flatulência. Após os sintomas gastrintestinais, o segundo efeito colateral mais comumente observado tem sido rash. Dor de cabeça tem sido associada ao uso de Fluconazol. Em raros casos, assim como com outros azólicos, anafilaxia tem sido relatada com o uso de Fluconazol.



 



Contraindicações:



É contraindicado em pacientes com conhecida sensibilidade à droga ou relacionados a compostos azólicos.



Indicações: 



Tratamento de candidíase vaginal aguda ou recorrente.