Fale Conosco | Hospitalar Distribuidora
Minha Conta | Hospitalar Distribuidora
0Carrinho | Hospitalar Distribuidora

Paracetamol (Genérico) 750mg C/10 Comprimidos (Tylenol) - Multilab

Site 100% Seguro | Hospitalar Distribuidora

Por: R$ 3,99

Preço a vista: R$ 3,99

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Comprar

Porque comprar na HD:

Desconto para pagamento à vista

Entrega garantida para todo o Brasil

Produto 100% Original

Compra Segura

Parcelamento sem juros

DESCRIÇÃO
A venda desse medicamento é restrita, pois nós somos distribuidores, que ao contrário de farmácias, não fazemos retenção de receitas médicas. A comercialização via CPF é permitida para profissionais que possam responder pelo uso desse medicamento, como Médicos, Médicos Veterinários e Dentistas, tendo a obrigatoriedade de enviar a cópia frente e verso de suas respectivas carteiras profissionais no nosso e-mail de contato (vendas@hospitalardistribuidora.com.br). A venda para CNPJ deverá ser enviado no mesmo e-mail de contato, as cópias do Alvará SanitárioCertificado de Regularidade Técnica e o Contrato Social.

 

Paracetamol

 


FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES - PARACETAMOL

Blister com 10 comprimidos


USO ADULTO


 


COMPOSIÇÃO - PARACETAMOL


Cada comprimido revestido contém:
Paracetamol .................... 750,0 mg
Excipientes q.s.p. .................... 1 comprimido
(hidroximetilpropilcelulose, polietilenoglicol, crospovidona, dióxido de silídio coloidal, estearato de magnésio)


 


INFORMAÇÕES AO PACIENTE - PARACETAMOL·


·    Ação esperada do medicamento: Paracetamol é utilizado como " tiploaded="true" tipwidth="450">analgésico6 e


" tiploaded="true" tipwidth="450">antipirético7, ou seja, no combate à dor e à " tiploaded="true" tipwidth="450">febre8. Sua ação analgésica se faz sentir cerca de 30 minutos após a administração e se prolonga por 4 a 6 horas.  ··    Cuidados de armazenamento: Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.
··    Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação, o que pode ser verificado na embalagem do produto. Não use o medicamento se o prazo de validade estiver vencido.
 " tiploaded="true" tipwidth="450">Gravidez9 e " tiploaded="true" tipwidth="450">lactação10: Embora seja permitido o uso de Paracetamol durante a " tiploaded="true" tipwidth="450">gravidez9, sua administração deve ser restrita aos casos necessários e por curto período. Informe seu médico a ocorrência de " tiploaded="true" tipwidth="450">gravidez9 na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe também se está amamentando.
·    Cuidados de administração: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. No caso de persistência dos " tiploaded="true" tipwidth="450">sintomas11, procure orientação médica.
·    Interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
·    Reações adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.


"TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS."


··    Ingestão concomitante com outras substâncias: Evite ingerir o medicamento juntamente com alimentos, pois sua absorção ficará mais lenta. Evite também ingerir álcool durante o tratamento, pois o uso de paracetamol com álcool é tóxico para o Fígado.


12 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.

 

" tiploaded="true" tipwidth="450">fígado12.


··    Contra- indicações e Precauções: Pacientes alérgicos ao ácido acetilsalicílico (aspirina) devem ter cuidado ao usar o paracetamol.
Caso surja durante o uso de Paracetamol qualquer reação inesperada, o tratamento deve ser descontinuado e seu médico deve ser informado.
Siga rigorosamente a dose recomendada. No caso de ingestão acidental de dose excessiva ou suspeita de que isto tenha ocorrido, procure imediatamente um serviço médico de urgência.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.


"NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE."

INFORMAÇÕES TÉCNICAS - PARACETAMOL


 


MODO DE AÇÃO - PARACETAMOL


" tiploaded="true" tipwidth="450">Analgésico6:


O mecanismo de ação analgésica não está totalmente determinado. O paracetamol pode atuar predominantemente inibindo a síntese de prostaglandinas ao nível do Sistema Nervoso.


13 Sistema nervoso: O sistema nervoso é dividido em sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (SNP). O SNC é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal e a porção periférica está constituída pelos nervos cranianos e espinhais, pelos gânglios e pelas terminações nervosas.

 

" tiploaded="true" tipwidth="450">Sistema Nervoso13 Central e em menor grau bloqueando a geração do impulso doloroso ao nível periférico. A ação periférica pode ser decorrente também da inibição da síntese de prostaglandinas ou da inibição da síntese ou da ação de outras substâncias que sensibilizam os nociceptores ante estímulos mecânicos ou químicos.


" tiploaded="true" tipwidth="450">Antipirético7: O paracetamol provavelmente produz a antipirese atuando ao nível central sobre o centro hipotalâmico regulador da temperatura para produzir uma vasodilatação periférica que dá lugar a um aumento do fluxo de Sangue.


14 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.

 

" tiploaded="true" tipwidth="450">sangue14 na pele, de " tiploaded="true" tipwidth="450">sudorese15 e da perda de calor. A ação ao nível central provavelmente está relacionada com a inibição da síntese de prostaglandinas no hipotálamo.


 


FARMACOCINÉTICA - PARACETAMOL


Absorção:


após a administração oral, a absorção do paracetamol no trato gastrointestinal é rápida e praticamente total. A administração de paracetamol conjuntamente com alimentos retarda a absorção do fármaco.
Distribuição: o paracetamol atravessa a barreira hematoencefálica e placentária. É encontrado no leite materno em concentrações de 10- 15 mcg/ml, após uma a duas horas da ingestão de uma dose de 650 mg de paracetamol. Vd = 1 l/kg.
Ligação a " tiploaded="true" tipwidth="450">proteínas16: não é significativa em concentrações plasmáticas abaixo de 60mcg/ml; pode apresentar níveis moderados (20- 50%) em concentrações tóxicas.
Biotransformação: o paracetamol é metabolizado principalmente no Fígado.


12 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.

 

" tiploaded="true" tipwidth="450">fígado12 (90- 95%), por conjugação com ácido glucurônico, ácido sulfúrico e cisteína.
Meia- vida: a meia-vida sérica da fase terminal em humanos é de 1 a 4 horas; não é alterada em casos de " tiploaded="true" tipwidth="450">insuficiência renal17, mas pode ser prolongada na superdosagem aguda. A meia-vida sérica é ligeiramente mais longa em


 

" tiploaded="true" tipwidth="450">neonatos18, em hepatopatas e no idoso. A meia-vida do paracetamol no leite materno é de 1,35 a 3,5 horas.
Início da ação: cerca de 30 minutos após a ingestão oral.
Tempo para atingir a concentração máxima: o pico das concentrações plasmáticas ocorre entre 0,5 e 2 horas após administração.
Concentração terapêutica: 10- 20 mcg/ml.
Duração da ação: 4 a 6 horas.
Eliminação: cerca de 90% de uma dose terapêutica são excretados na " tiploaded="true" tipwidth="450">urina5 em 24 horas. Do material excretado, 1 a 4% é o paracetamol inalterado, 20- 30% são metabólitos conjugados com sulfato e 40-60% metabólitos conjugados com ácido glucurônico.


 


INDICAÇÕES - PARACETAMOL


Como " tiploaded="true" tipwidth="450">analgésico6-


" tiploaded="true" tipwidth="450">antipirético7. O paracetamol está indicado para aliviar dores leves ou moderadas e para reduzir a " tiploaded="true" tipwidth="450">febre8. Só proporciona alívio sintomático; quando for necessário, deve-se administrar uma terapia adicional para tratar a causa da dor ou da " tiploaded="true" tipwidth="450">febre8. O paracetamol pode ser utilizado quando a terapia com ácido acetilsalicílico não for aconselhável ou for contra- indicada, por exemplo, em pacientes que recebem anticoagulantes ou uricosúricos, hemofílicos ou pacientes com outros problemas hemorrágicos e naqueles com enfermidade do trato gastrointestinal superior ou com intolerância ou hipersensibilidade ao ácido acetilsalicílico.


 


CONTRA-INDICAÇÕES - PARACETAMOL



Pacientes reconhecidamente hipersensíveis ao paracetamol ou aos outros componentes da fórmula.