Parcele em até 3x sem juros|3% de desconto no boleto

Atendimento

Horário de funcionamento:

Seg à sex das 8h às 12h | 13h às 18h

Sáb das 8h às 12h

0

Tipos de cateter intravenoso

O cateter intravenoso é usado para administrar soluções ou drogas diretamente na veia.  Cada dispositivo permanece no corpo por até 72 horas e mantém a hidratação do paciente que não consegue tomar medicamentos por via oral, por exemplo. A não troca do cateter pode acarretar flebite,  infecção, celulite e trombose.

Quais os tipos de cateter?

Há dois tipos de cateter: o periférico e o central. Entenda a diferença entre os dois:

Cateter venoso periférico: usado em procedimentos invasivos comuns, que consistem em introduzir um cateter intravenoso nos membros (braços, mãos ou pernas) em veias como: cefálica, basílica, medianas do antebraço, cotovelo e do dorso da mão. Caso não haja sucesso, podem-se usar as veias dorsais do pé e as safenas magna e parva. Por ser comum, pode ser puncionado por médicos, enfermeiros ou técnicos de enfermagem. A vantagem desse tipo de punção venosa é que possui riscos mínimos de complicações.

Nesse procedimento, encontram-se catéteres metálicos e de plástico. O metálico é mais conhecido como Butterfly, e seu uso começa com uma punção angulada de 15º com bisel da agulha para cima. Depois, a angulação diminui para 10º e a agulha fica posicionada na luz da veia completamente. O de plástico é o cateter sobre agulha (jelco 22), e a angulação da sua punção começa exatamente como o Butterfly e depois diminui. Mas, neste modo, a agulha não se move, e é o cateter intravenoso que fica inteiramente na luz da veia. Depois, a agulha é retirada.

Cateter venoso central: procedimento invasivo mais complexo e comumente visto em UTI ou em situações emergenciais, com tamanho maior que os cateteres periféricos. Consiste em inserir o cateter na jugular interna, subclávia e femoral durante longos períodos, sem necessidade de puncionar diversas vezes. Ele é utilizado quando o paciente tem necessidade de uma grande dose de medicamento, soro, quimioterapia ou dieta.

Como usar cateter no acesso venoso?

Conhecido como CVC, o cateterismo venoso central facilita o tratamento de pacientes que precisam de um acesso venoso mais seguro aos vasos sanguíneos, como nos casos de infusão de grandes volumes de líquidos na circulação sanguínea, uso prolongado, para uma melhor monitorização hemodinâmica, assim como para a infusão de sangue ou nutrição parenteral.

Para a realização do cateterismo venoso central, é preciso que o paciente esteja deitado na maca. Tanto o médico como a equipe devem ter feito uma cuidadosa lavagem de mãos e estar paramentados com equipamentos que diminuem o risco de infecção, como luvas estéreis, máscara, gorro, avental cirúrgico e campos estéreis. Somente então o médico iniciará o procedimento, identificando o local exato da punção e fazendo a assepsia da região e da pele ao redor para eliminar focos de infecção. 

A técnica mais conhecida é a de Seldinger. Para realizá-la, utiliza-se a bolsa e equipo de soro, anestésico, gaze estéril, bisturi, kit de cateter central (com agulha, fio guia, dilatador e cateter intravenoso) e fio para fixar o cateter na pele.

Cuidados com o acesso venoso

A punção venosa, como qualquer outro tipo de procedimento feito em hospital, necessita de cuidados para que não haja infecções, dores ou vermelhidões. Ao administrar soluções em um cateter venoso periférico, atente-se à higiene das mãos antes de entrar em contato com o paciente para evitar infecções. Verifique, também, se o acesso venoso está fixado corretamente na pele ou se há sinais de vermelhidão, sujeira, sangramentos e edemas. A cautela também se estende até a hora do banho. Deve-se proteger o equipamento na hora do banho do paciente.

Quanto ao acesso pelo cateter venoso central, algumas recomendações se repetem com esse material médico, como higienização, mas alguns adicionais são importantes, como trocar o curativo externo, sempre usar luvas ao tocar no equipamento e fazer o flush do cateter com soro fisiológico.

Onde comprar material hospitalar?

A Hospitalar Distribuidora é referência em medicamentos, materiais hospitalares e diversos produtos, com diferentes tipos de cateter. Ao checar o estoque e perceber que necessita de reposição de cateter intravenoso, confira nossa loja virtual 24h e toda a variedade que oferecemos, além de preços especiais e segurança na hora de comprar e receber os produtos na comodidade da sua casa. Você encontra tudo em um só lugar e possui a opção de colocar e organizar todos os produtos no carrinho, conferindo rigorosamente a sua lista, sem se esquecer de nenhum item.

É importante lembrar que a venda de medicamentos no CPF é permitida apenas para profissionais habilitados a prescrever receitas e a responder pelo uso dos medicamentos, como médicos, médicos-veterinários ou dentistas, sendo obrigados a encaminhar, por e-mail, uma cópia da carteira profissional. Já a venda por CNPJ, é permitida somente para empresas que possuam um responsável técnico.

Na compra de qualquer medicamento controlado, é necessário enviar o alvará sanitário da clínica da qual o profissional seja responsável técnico ou legal.

Cateter intravenoso e os melhores materiais com entrega rápida e eficiente para todo o território nacional, você só encontra aqui.