Parcele em até 3x sem juros|3% de desconto no boleto

Atendimento

Horário de funcionamento:

Seg à sex das 8h às 12h | 13h às 18h

Sáb das 8h às 12h

0

Negatoscópio de Parede: dicas para escolher

O Negatoscópio de parede é um dos equipamentos hospitalares indispensáveis em qualquer clínica ou hospital. Composto de uma placa translúcida, é provido de um dispositivo de iluminação que serve para examinar, por transparência, as chapas radiográficas ou para realizar uma observação dos negativos, obtidos por raios-x.

Um dos profissionais que mais utiliza o equipamento é o dentista. O Negatoscópio odontológico permite uma melhor e ampla visualização das radiografias bucais dos pacientes. Para esses profissionais, o Negatoscópio precisa ter um bom e intenso brilho de iluminação, para uma maior precisão dos diagnósticos.

Para saber mais sobre o aparelho e como é o seu funcionamento, acompanhe a seguir.

Conheça os tipos de Negatoscópio

Durante o processo de diagnóstico de um exame de raio-x, o Negatoscópio de mesa é um dos principais equipamentos utilizados pelos especialistas para examinar os pacientes com maior precisão. Há diversos tipos de Negatoscópio presentes no mercado para atender às suas necessidades:

- Negatoscópio odontológico: permite estabelecer uma visualização detalhada dos elementos bucais durante a análise das radiografias.

- Negatoscópio mamográfico: é necessário ter uma boa e intensa iluminação, para poder visualizar densidades translúcidas dos tons com vários detalhes.

- Negatoscópio 2 corpos: equipamento com iluminação especial, pode ser utilizado fixo na parede ou posicionado na mesa.

Existem versões do Negatoscópio de mesa, portátil e Negatoscópio de parede.

Usos do Negatoscópio de parede

O Negatoscópio de parede permite o controle da área a ser visualizada do exame radiográfico a partir da sua iluminação, sendo assim, é capaz de dar uma visão mais detalhada ao especialista, facilitando o seu trabalho e aumentando a segurança do procedimento a ser realizado.

Boa iluminação é essencial no equipamento, pois permite maior precisão nos diagnósticos. Mas o seu bom funcionamento e sua intensidade dependem de alguns fatores — entre eles, a temperatura do ambiente, as horas em que as lâmpadas ficam ligadas, a sua potência, o tipo e a espessura do material.  

Atualmente, é possível encontrar duas tecnologias no controle da área de iluminação: Negatoscópio de plasma ou com cortinas. O equipamento com plasma possui telas sensíveis ao toque e a iluminação é presente apenas na área do filme, porém tem um custo elevado. Já o aparelho com cortinas escuras, é usado há mais tempo e já é conhecido pelos profissionais, no entanto é mais complexo e pesado para ser utilizado.

Como escolher o melhor Negatoscópio?

No mercado, há diversos aparelhos e tipos de Negatoscópio disponíveis, e escolher o que suprirá as suas necessidades não é uma tarefa tão simples. Mas, para ajudar na decisão, existem alguns critérios que podem auxiliar na sua compra.

Saber a espessura do Negatoscópio favorece a praticidade da instalação e o uso. Os modelos Slim oferecem um maior conforto, além de serem esteticamente bonitos. 

O sistema de iluminação é um fator muito importante na hora de escolher o Negatoscópio. São dois tipos: lâmpadas e LEDs, sendo a segunda opção a mais recomendada, pois garante uma visualização uniforme, mais segura e sua vida útil é maior. Além disso, ainda é considerada ecológica, por gastar menos energia que os modelos convencionais do Negatoscópio.

Há alguns diferenciais que podem ser levados em conta também. Observe se o modelo do seu Negatoscópio oferece fixação por imã, possibilidade de inclinação, resistência à queda e à ferrugem. Tais características garantem mais mobilidade de uso e maior durabilidade do equipamento.

Portanto adquira o seu Negatoscópio com quem é referência no mercado de distribuição de produtos hospitalares. A HD oferece praticidade, facilidade e as melhores condições na forma de pagamento